Poesia: A Verdade

A verdade é que

Nenhum de nós consegue tê-la, essa moça

a Verdade

Eu acredito e chupo a minha,

Ela me trai e te lambe

Uma libertina essa Verdade

Quem ela pensa que é? Nem ela sabe.

Que está por aí destruindo sonhos,

Inocente

Você mete a língua no pescoço dela

ela gosta, indecente

E mostra as meias,

sete oitavos

Nunca inteira

Vaidosa

Faz foto no espelho

Emagrece de amor

Ela pensa que sim

Murcha inteira de saudades

da cama na parede

Se refaz,

se costura

Te costura

Na boca do sapo

Conta até o que não existiu

Conta as horas

as gotas

As contas

pendentes

Na verdade ela sente sua falta

da mentira sobre si que você contou para ela

A verdade é que você

Não dá ponto sem nó

E eu desato a chorar

 

@pietraprincipe

 

Hoje é dia de poesia, bebê.