Sim N�o

Visita de um amigo!

18 de novembro de 2014

Dia desses estava em casa sem ter oque fazer em pleno domingão, quando meu cel toca,vou atender era um amigo de infância, ele me ligou dizendo que estava no Brasil pois esteve um período fora a estudos.

Conversamos bastante até relembrar algumas travessuras que fizemos há anos atrás foi aí já que eu estava sozinho em casa que chamo ele para vir até em casa.

Ele topou é claro, chegou em casa conversamos bastante, rimos, ele tomou umas cervejinhas foi quando chamei ele para dar uma olhada em meu computador já que ele entende bastante hehehe chegando no quarto ele avistou meu cooler mostrei para ele cheio de camisinhas da Prudence e disse que havia ganhado em um concurso como testador de camisinha.

Foi onde ele me olhou e disse podíamos testar agora? Foi onde começamos a tirar a roupa e nos pegar bem gostoso, relembrando anos atrás nos beijamos bem gostoso, nos chupamos foi quando ele me disse qual vamos testar?

Fui e peguei uma camisinha da Prudence Morangão coloquei naquele pau enorme e começamos a transar bem gostoso sentia aquele pau bem gostoso entrando dentro de mim fizemos várias posições de quatro de lado, frango assado foi uma tarde de domingo maravilhosa. Espero que repita várias vezes!

Final de semana na casa da sogra em POA

10 de novembro de 2014

Depois de um mês e meio sem ver meu namorado resolvi comprar um vôo e ir pra Porto Alegre matar a saudade, assim que desembarquei no aeroporto já vi ele me esperando e partimos para a sua casa, logo chegamos e ele já me levou pro quarto e abaixou meu short e começou a me chupar, um sexo oral com vontade, com tesão e o mais importante com fúria rsrsrrs… Ele pegava meu pau enfiava dentro da boca e já fazia mais pressão para o mesmo entrar dentro da tua garganta, voltava com uma sucção forte e já ia passando os dentes levemente sobre a glande eu me contorcia no sofá, pegado ele pelos cabelos, enroscando os meus pés nas pernas dele ou travando em suas costas, ele continuava passando a boca e a língua pelo meu pau, quando de repente ele me da uma mordida deliciosa, já pega e enquanto me masturba com o pau todo babado enfia minhas bolas dentro da boca e começa a sugar, puxar e dar mordidinhas e eu enfiava a cara dele em mim, saindo das bolas ele foi com a língua até o períneo e chupando a minha virilha eu já estava explodindo de tesão, quando ele me pegou pela perna e me virou de lado com uma mão só e já enfiou a língua no meu rabo, eu de lado pra ele e ele se divertindo com meu rabo e minhas bolas… eu estava louco de tesão quando ele me virou de novo e começou a me chupar de novo e cada vez que ele entrava com meu pau na boca dele e cada vez que enfiava a glande na garganta eu ficava mais doido, ele começou a me masturbar e ficar chupando a cabeça e com bravura e dedicação ele me levou ao orgasmo tive que segurar o gemido porque estavam todos dentro de casa e o final de semana ainda só estava começando…

Bruno R

Trabalhando com prazer, muito prazer! – parte 2

17 de janeiro de 2014

Desembarcamos em Buenos Aires, o produtor já estava lá nos aguardando. Em portunhol tentávamos nos comunicar… “Estão ansiosos? É a primeira vez que gravamos com um casal! Fiquem tranquilos com a cena de sexo, não é pornô, vamos fazer algo bem sensual e bonito. Vai ser um sexo de mentirinha. Há quanto tempo vocês estão juntos? É a primeira vez em Buenos Aires? Vou deixar vocês no hotel e uma hora depois pegamos vocês para irmos ao local da gravação, ok? Queremos mostrar um pouco da rotina de vocês, como fazem para manter uma relação de tanto tempo sempre picante. Vamos fazer uma entrevista, sejam bem naturais, vamos querer saber alguns fetiches, algumas histórias gostosas do casal, nada demais.”

Chegamos no hotel! Era um loft maravilhoso com uma cama king size e edredons fofinhos. Assim que o produtor virou as costas fui correndo em direção a cama e me atirei. Parecia uma criança num parque de diversões. Depois de um banho rápido fomos gravar.

A primeira cena foi num parque, mostrando atividades físicas que gostamos de fazer juntos. Corridinha, roller, alongamento, uns beijinhos mais quentes…

Saindo do parque passamos numa sex shop para comprar umas fantasias para a cena final.

Chegando no hotel, começaram os preparativos para a cena de sexo. Enquanto faziam meu cabelo e maquiagem, fui tomando uma champagne para descontrair.

A produção estava impecável. Velas por todo quarto, champagne, decoração, figurino, música sensual de fundo… Chegou a hora, GRAVANDO!

De vestido justo e curtinho, sento no colo dele com as taças e champagne na mão. Fizemos um brinde e começamos a nos beijar. Não ouvíamos nem a respiração da equipe de gravação, dava tranquilamente para esquecer que estavam ali nos filmando. Nossos beijos pegam fogo, depois de 12 anos juntos sabemos direitinho o que o outro precisa para sair do sério, perder o controle e se render ao tesão.

Saí para colocar a fantasia… Colegial? Fala sério! Com direito a óculos e rabinho no cabelo, ele vai amar! Quando entro no quarto ele não disfarça a cara de safado. Ele me queria, não importava se tinha mais gente lá olhando. A festa estava só começando!

Sentei na perna dele, de saia curtinha e rodada que deixava a calcinha fio dental bem à mostra. Fiz carinha de meiga safadinha e disse: não tive tempo de fazer a tarefa de casa professor, e agora? O que posso fazer pra me redimir com o senhor?

Sem dar tempo para ele responder subi na cama de joelhos, me debrucei sobre ele (que estava sentado numa poltrona aos pés da cama)coloquei meu decote bem perto do seu rosto e quando ele foi beijar, fui para trás. Comecei a dançar, levantando a saia, brincando com o nó da minha camisa, rebolando, rastejando pela cama, encarando ele com cara de safada, passando a língua bem devagar sobre os lábios deixando eles bem molhadinhos. Desfiz o nó deixando meus seios totalmente a mostra e o chamei para cama.

 

Continua…

 

@taisdolfini

Segurança na “Porta dos Fundos”

5 de janeiro de 2014

Hoje vou contar minha experiência como testador no sexo anal e aproveitar e dar algumas dicas.

O ânus é um local muito delicado e muito mais apertadinho que a “porta da frente”, por isso temos que ser bastante delicados ao ir escancarando essa porta. Aliás, acho que é quase impossível sair entrando só com o pau sem fazer nada antes. Já tentei mesmo, o pau entorta todinho mas não entra, e eu não curto fazer a minha mina sofrer. Então vamos com calma!

Na hora que você pensar em meter, tem que fazer algo pra deixá-la excitada. Seja passar o dedinho lá, ou fazer um oral depois do banho… Você escolhe! É muito gostosa a sensação de abrir a bunda e por a língua lá, é extremamente gostoso por parecer algo proibido, e com isso sua mina pega confiança em ti.

Acredite que pra meter lá é obrigatório usar algum lubrificante – e a Prudence tem uns excelentes, recomendo o Morango Fire, que apesar do nome Fogo, só esquenta um pouco, não é um calor insuportável… Pode utilizar a passagem do lubrificante já como preliminar, e pode caprichar na quantidade, com o dedo dá umas voltinhas e depois vai introduzindo devagar. Com o dedo todo lá dentro faça pequenos movimentos para as laterais, no intuito de relaxar a musculatura. (Olha que a musculatura é muito forte!). Ainda com muita lubrificação, pode-se tentar colocar dois dedos, espere um pouquinho e vá tentando abrir os dois dedinhos, fazendo movimentos como uma tesoura. Se a mina já estiver louca de tesão, é a hora de colocar seu amiguinho.

Mas espere!!! Sem estar encapadinho não dá! Por mais limpinha que seja sua mina tem que se cuidar, pra não pegar nenhum tipo de infecção, como uretrite ou cistite (inflamação da bexiga). Escolha a Prudence de sua preferência, se for a primeira vez dela, evite as camisinhas com texturas. Se quiser pode ainda por mais lubrificante no seu pau, sem problemas…

Mas na hora de colocar seu amigo tem algumas dicas, a posição de quatro é melhor, a própria posição de bunda pra lua já ajuda a relaxar o orifício… Quando por o pau é só mirar e faça uma leve pressão, não meta por enquanto, peça pra mina ia deslizando para trás. Assim ela controla até quando ela aguenta e a velocidade, quando ela encaixar todinho já se pode fazer o que quiser… Aproveite e puxe pelos peitos ou cabelos em sua direção, assim ela pira… Também pode aproveitar para estimular o clitóris.

Seguindo essas dicas você vai ver que ela vai ficar louca de tesão, além de perceber que o anal não é nada de traumatizante… Agora ela vai ter confiança e pode crer que da próxima vez vai ser ela que vai pedir o anal!

Valeu?!

Até a próxima testada!

Se gostou curte e comenta aí… Não dói nada!

 

Testador_16

Garagem do mal

27 de novembro de 2013

Passei o final de semana na casa do meu noivo, mas como estávamos comemorando o aniversário do seu irmão menor, não rolou nenhuma transa.
A família toda estava lá, então (mesmo durante a noite) ficou praticamente impossível dar uma…
No domingo a noite, ele começou a insistir pra eu ir logo embora e eu já estava ficando nervosa com tal insistência, mas como não estava tão cedo, decidi ir.
Me despedi do pessoal que ainda estava lá, e meu noivo empurrando cerveja neles, que estavam no terraço na parte de trás da casa, perto da churrasqueira.
Quando estávamos indo em direção ao portão, ele me puxou pra garagem, que era separada, com um portão no cadeado, super escura.
Me empurrou num canto contra a parede e começou a me beijar loucamente…
(Mesmo com tantos anos juntos, o tesão sempre fica em primeiro lugar e qualquer beijo mais assanhado me deixa excitada pra um sexo gostoso.)
Nisso, o pau dele já tava durinho à minha espera.
hehe
Rapidamente peguei minha latinha Prudence dentro da minha mochila (que por sinal, é MUITO ÚTIL e muito bonita!!!) que estava carregada com a camisinha Prudence Ice (uma ótima ideia pra quem quer uma sensação geladinha no meio do fogo todo). Abri o pacotinho, fui desenrolando lentamente a camisinha, seguindo com minha língua, o que o fez ficar com muito mais tesão. Rapidamente ele me virou e me penetrou por trás. Gente, que delícia!!  Abaixei um pouco, me apoiando no carro dele, e ele metia cada vez mais forte. Aquele friozinho gostoso da camisinha subiu depressa pra minha barriga e me fez explodir num orgasmo delicioso que foi seguido pelo dele, claro, que caiu em mim de forma apaixonada.
Nos beijamos e, puf, minha raiva tinha ido embora!

Testador_78