Sim N�o

Segurança na “Porta dos Fundos”

5 de janeiro de 2014

Hoje vou contar minha experiência como testador no sexo anal e aproveitar e dar algumas dicas.

O ânus é um local muito delicado e muito mais apertadinho que a “porta da frente”, por isso temos que ser bastante delicados ao ir escancarando essa porta. Aliás, acho que é quase impossível sair entrando só com o pau sem fazer nada antes. Já tentei mesmo, o pau entorta todinho mas não entra, e eu não curto fazer a minha mina sofrer. Então vamos com calma!

Na hora que você pensar em meter, tem que fazer algo pra deixá-la excitada. Seja passar o dedinho lá, ou fazer um oral depois do banho… Você escolhe! É muito gostosa a sensação de abrir a bunda e por a língua lá, é extremamente gostoso por parecer algo proibido, e com isso sua mina pega confiança em ti.

Acredite que pra meter lá é obrigatório usar algum lubrificante – e a Prudence tem uns excelentes, recomendo o Morango Fire, que apesar do nome Fogo, só esquenta um pouco, não é um calor insuportável… Pode utilizar a passagem do lubrificante já como preliminar, e pode caprichar na quantidade, com o dedo dá umas voltinhas e depois vai introduzindo devagar. Com o dedo todo lá dentro faça pequenos movimentos para as laterais, no intuito de relaxar a musculatura. (Olha que a musculatura é muito forte!). Ainda com muita lubrificação, pode-se tentar colocar dois dedos, espere um pouquinho e vá tentando abrir os dois dedinhos, fazendo movimentos como uma tesoura. Se a mina já estiver louca de tesão, é a hora de colocar seu amiguinho.

Mas espere!!! Sem estar encapadinho não dá! Por mais limpinha que seja sua mina tem que se cuidar, pra não pegar nenhum tipo de infecção, como uretrite ou cistite (inflamação da bexiga). Escolha a Prudence de sua preferência, se for a primeira vez dela, evite as camisinhas com texturas. Se quiser pode ainda por mais lubrificante no seu pau, sem problemas…

Mas na hora de colocar seu amigo tem algumas dicas, a posição de quatro é melhor, a própria posição de bunda pra lua já ajuda a relaxar o orifício… Quando por o pau é só mirar e faça uma leve pressão, não meta por enquanto, peça pra mina ia deslizando para trás. Assim ela controla até quando ela aguenta e a velocidade, quando ela encaixar todinho já se pode fazer o que quiser… Aproveite e puxe pelos peitos ou cabelos em sua direção, assim ela pira… Também pode aproveitar para estimular o clitóris.

Seguindo essas dicas você vai ver que ela vai ficar louca de tesão, além de perceber que o anal não é nada de traumatizante… Agora ela vai ter confiança e pode crer que da próxima vez vai ser ela que vai pedir o anal!

Valeu?!

Até a próxima testada!

Se gostou curte e comenta aí… Não dói nada!

 

Testador_16

Sexo Anal – tudo que você quer saber .

22 de julho de 2013

Calma, cuidado e vontade são três itens essenciais para o sexo anal ser prazeroso para a mulher.

1 – Por que os homens gostam tanto de sexo anal?
É justamente a relutância de algumas mulheres em aceitar o sexo anal que desperta a curiosidade dos homens. E tem a questão fetiche: a posição de dominação masculina é outro fator que contribui para a preferência deles. Além disso, o ânus é um orifício mais apertado que a vagina, e por isso a sensação do sexo anal é diferente da sensação do sexo vaginal.

2 – Posso contrair doenças fazendo sexo anal?
As chances de contrair alguma doença fazendo sexo anal sem proteção são grandes. O ânus é uma região muito contaminada pela presença de fezes, e essas bactérias são nocivas quando em contato com outras áreas do corpo. Além disso, a mucosa do reto é muito absorvente. Podem acontecer infecções e diversas doenças sexualmente transmissíveis (DST), tanto em quem penetra quanto em quem é penetrado. Para evitar doenças, o uso do preservativo é imprescindível, bem como lubrificante à base de água, que mantém a camisinha em bom estado e evita lesões na pele. E atenção: não pode usar a mesma camisinha para penetrar no ânus e depois na vagina. A camisinha infectada por bactérias pode causar problemas na mulher. Além disso, é preciso que homem e mulher lavem as partes íntimas após o sexo anal.

3 – Posso usar pomada anestésica para fazer sexo anal?
Não é recomendável. A pomada anestésica diminui a sensibilidade do ânus, causando perda parcial de controle – é arriscado não perceber um possível excesso de força na penetração. Vale lembrar que a pomada só anestesia a mucosa, mas não ajuda a relaxar o músculo do ânus, chamado esfíncter. O sexo anal só é bacana quando as duas partes querem fazer, com a mulher relaxada e descobrindo novas formas de excitação e prazer. Para evitar desconforto, a dica de sempre: lubrificante e carinho.

4 – Sexo anal engravida?
Não existe nenhuma possibilidade de engravidar fazendo sexo anal. Quando o homem ejacula, o sêmen vai para dentro do canal do reto, não há possibilidade de fertilização. Mesmo sem o risco de engravidar, é indispensável usar camisinha para fazer sexo anal, para evitar transmissão de doenças.

5 – Sexo anal pode causar câncer?
Sabe-se que alguns casos de câncer do canal anal estão relacionados ao HPV . O HPV é uma doença sexualmente transmissível causada por vírus. Ao fazer sexo anal sem camisinha, este vírus pode causar uma infecção na região anal. Em longo prazo, podem aparecer pequenas feridas decorrentes da infecção. Em alguns casos, se não for tratado, esse problema pode evoluir para um quadro de câncer. Para evitar qualquer tipo de problema é essencial usar preservativo e muito lubrificante à base de água. Mas a maior parte dos casos de câncer do reto e do canal anal não tem ligação com a prática sexual.

6 – O ânus pode se alargar depois de fazer sexo anal?
Não. A abertura do ânus é controlada por um músculo chamado esfíncter, que relaxa ou se contrai conforme a necessidade. O esfíncter não perde a força por causa do sexo anal. A única possibilidade de “alargamento” do ânus é caso o músculo se rompa, mas a prática de sexo anal não causa rompimento.

7 – Sexo anal causa hemorroidas?
Não. Hemorroidas são como varizes, veias da região do ânus que se dilatam. Algumas pessoas têm tendência a hemorroidas, e para essas pessoas a prática de sexo anal pode piorar a situação. Para quem já tem hemorroidas, o sexo anal pode ser desconfortável e causar dor e sangramento. Mas o sexo anal não é causador de hemorroidas.

8 – Posso alternar entre sexo anal, oral e vaginal?
É muito perigoso fazer sexo oral ou vaginal depois de fazer sexo anal. O que é penetrado no ânus não deve ser penetrado em nenhum outro lugar, pois os resíduos de fezes e secreções são muito contaminados. E não basta trocar o preservativo, já que as secreções podem se espalhar pela base do pênis e pelos testículos. Depois do sexo anal, se o casal desejar continuar transando, tem de lavar as partes íntimas cuidadosamente, com água e sabão.

9 – Como evitar que apareçam resíduos fecais ou flatulência durante ou depois da relação?
Para diminuir a possibilidade de aparecerem resíduos fecais o ideal é evacuar antes da relação sexual e fazer uma boa higienização da área anal. Além disso, é possível fazer uma lavagem do canal anal, usando enema, um produto vendido em farmácias. A lavagem caseira, feita com “chuveirinho” não é adequada, pois pode causar danos ao canal anal. A flatulência é mais difícil de evitar. Acontece porque durante a relação sexual a musculatura do ânus fica relaxada, e com os movimentos de vai e vem pode entrar ar no reto, causando flatulência.

10 – É possível sentir prazer com sexo anal? Qual a melhor posição?
É possível, e há mulheres que alcançam o orgasmo com penetração anal – minoria total. Para o sexo anal ser prazeroso para a mulher, é importante que seja feito sem pressa e com muito cuidado. O parceiro deve começar introduzindo o dedo no ânus, usando bastante lubrificante, para o relaxamento do esfíncter. A mulher deve estar relaxada e confiante antes da penetração. Ao mesmo tempo em que acontece a penetração anal o parceiro deve estimular seu clitóris, seus seios, ou a mulher mesmo pode se masturbar. Uma posição recomendada é a “colher”, em que a mulher fica deitada de lado e de costas para seu parceiro. Esta posição costuma ser mais confortável para a mulher do que a popular “cachorrinho”. Lembre-se que o anus e repleto de bactérias fecais , para ficar ainda mais gostoso indico sem medo a Prudence wave

Testador_47

Tá passando rápido

29 de dezembro de 2011

Caramba, hoje já é quinta-feira!!! Está passando muito rápido.

Estamos na metade do recesso.

Mas, já deu para aproveitar bastante. Tanto a praia, quanto a Camila.

É tão legal. A gente fica muito tempo sem se ver, mas quando a gente se encontra, é como se estivéssemos juntos sempre.

Sexualmente falando, então, somos bem sincronizados.

Falando em sexo, vou contar um fato engraçado que aconteceu.

Sexo anal, parte dois

24 de setembro de 2009

Uma leitora do blog disse morrer de medo de fazer sexo anal.  Uma das principais razões é porque ela acha que ficará com o “buraco largo”, além da dor.

Como já escrevi no primeiro post, se tudo for feito com jeitinho, paciência, sem forçar a barra, com lubrificação e em algumas posições ideais para iniciantes, a dor sera mínima. Acabei não falando nada sobre o depois.

Vamos lá. Existem alguns mitos que devem ser banidos das suas cabeças:

- Sexo anal não causa hemorróidas. Porém, se a pessoa já sofrer deste mal, o sexo anal pode sim agravar o problema. Em outras palavras, se você tem hemorróida, evite!

- O músculo do ânus não perde a capacidade de contração e relaxamento. Ou seja, não precisa ficar com medo do tal “buraco largo”

- Não interfere no hábito intestinal. Ou seja, você continuará indo ao banheiro com a mesma freqüência que sempre foi. Se você possui intestino preso e está sem evacuar há um certo tempo, o sexo anal pode ser desconfortável.

Se alguém tiver mais dúvidas, vamos discuti-las aqui nos comentários! Este é um assunto que pode gerar um boa fonte de informações para os leitores.