Sim N�o

Testadores selvagens

6 de dezembro de 2011

Na Índia
Ramjeet Raghav se tornou recordista mundial ao ser pai aos 94 anos. O velhinho, que ainda trabalha na lavoura para sustentar a família, revelou que após um ano do nascimento do menino, sua vida não tem sido muito fácil, pois não tem tido mais tempo para fazer sexo várias vezes durante a noite com a esposa Shakuntala, de 58 anos. Porém, apesar desse “período difícil”, eles ainda querem ter mais filhos. Ê, velhinho animado! Será que ele toma viagra?

Na Califórnia
A estudante Arlene Mossa Corona foi filmada usando biquíni e salto alto em um cruzamento na cidade de La Jolla (Califórnia), enquanto segurava um cartaz com fotos da sua cachorrinha desaparecida, “Chispeta”. Segundo a gata, ela já tinha tentado de tudo para encontrar a cadelinha, mas sem sucesso. Achei esta tática mais eficaz do que colocar cartazes nos postes…

Já na Flórida…
Cody Lee White, de 36 anos, foi preso acusado de roubar calcinhas da lavanderia de uma universidade na Flórida, nos EUA. No interrogatório, White disse que tinha fetiche por lingerie e ainda admitiu que roubava as calcinhas do campus há quase um ano. Deve ter feito uma coleção grande.

E para finalizar, no Zimbábue…
Os homens devem ficar espertos. Uma quadrilha de mulheres está atacando homens para retirar o sêmen e usá-lo em rituais que supostamente trariam prosperidade. Uma vítima relatou sua experiência à TV do país e disse ter sido atacada após aceitar uma carona de três mulheres. Segundo ele, as mulheres injetaram algo que lhe deu intenso desejo sexual (viagra?? Catuaba? Amendoim em forma líquida?) e que o forçaram a transar com elas diversas vezes, usando camisinha. Ah, se essa moda pegasse no Brasil, hein!?

Testadores selvagens

17 de novembro de 2011

Bizarro. Galera, existem coisas que parecem só acontecer nos Estados Unidos. Não, não tenho implicância com o país, até curto muito. Afinal, foi de lá que importamos a estética de seios avantajados. Mas, é fato que as maiores bizarrices vêm de lá. Vocês viram que um ladrão invadiu uma creche em Indianápolis e foi flagrado pelas câmeras de segurança? A parte bizarra é que as imagens mostram o cara tirando a roupa e colocando um biquíni rosa.

Agora eu pergunto: o que esse cidadão pretendia fazer? Ensaiar para miss EUA? Não quero nem pensar. O suspeito ainda andou pelo prédio e fugiu assim que o alarme tocou. A polícia, infelizmente, ainda não o encontrou, mas tenta identificá-lo pelas imagens.

Olha essa agora! Uma britânica foi multada em quase R$ 500 por fazer sexo em balanço de um playground. A garota negou que estivesse transando, mas admitiu que seu comportamento foi inapropriado.

Laura Green, 22 anos, e Olver Phipps, 27, foram sido presos em junho deste ano, após denúncia de dois adolescentes, que jogavam futebol em uma quadra ao lado. Eles ainda disseram que Phipps estava em cima de Laura e fazia movimentos sexuais.

Me parece que esses meninos não são nem um pouco bobinhos e não perderam um detalhe da cena. Será que são alunos da professorinha do sexo bandido?

Esse caso aconteceu na prisão de Rye Hill, no Reino Unido. A professora Beverley Van-de-Velde, de 59 anos, recebeu uma suspensão após descobrirem um vídeo em que ela aparece mantendo relações sexuais com um criminoso, dentro do presídio de segurança máxima.

Segundo reportagem do The Sun, no vídeo de 17 minutos, a professora está vestida com um corpete de couro e cinta-liga. Gostei do modelito, mas não da modelo… ☺

O vídeo foi encontrado pela direção do presídio entre as centenas de cartas de amor que ela tinha escrito para o criminoso. É ou não é a professorinha do sexo? E do sexo bandido, ainda por cima!

E, para finalizar, quem gosta de mulheres diretas? Estou para ver uma mina mais direta do que esta abaixo. Ué, se gosta mesmo, tem que falar. Tá certa ela!

Testadores Selvagens

21 de setembro de 2011

Começamos a semana, para variar, falando das maluquices que acontece mundo afora nos últimos tempos.

Vejam só que absurdo: não sabia que três candidatas ao concurso Miss Itália foram expulsas apenas porque posaram em fotos sensuais em sites da internet. Afinal, o que é bonito não é para ser mostrado?

Segundo o jornal britânico Daily Mail, a primeira candidata afastada do concurso foi Alice Bellotto, de 22 anos, que aparece em uma das fotos usando uma camisola provocante. Em seguida, também foram expulsas Raffaella Modugno, de 23, que posou para fotos de lingerie, e Tiziana Piergianni, de 26, que aparece fazendo topless.

Em julho, teve até uma discussão sobre a retirada do prêmio de Miss Brasil da Priscila Machado, pois encontraram algumas fotos da modelo pelada. Mas tudo acabou em pizza e a brasileira acabou em terceira no Miss Universo na semana passada.

Outra novidade é que na cidade de Nova Iorque, EUA, foi montado um clube de leitura pública para mulheres de topless. De acordo com o grupo que administra o espaço, o intuito é aproveitar o fato de não ser proibido fazer topless na cidade, e poder tomar banho de sol, enquanto as adeptas ficam entretidas na leitura.

Ainda nos Estados Unidos, um policial foi surpreendido por uma câmera de segurança fazendo sexo no capô da viatura. Segundo o xerife do condado de Santa Fé, não ficou claro se o oficial, que já foi afastado, violou alguma regra, porém, mesmo assim terá que passar por uma apuração interna. Bom, sei lá, acho que ele poderia ter tirado o uniforme, né!? Mas, pelo jeito a coisa foi boa!

Continuando a saga americana, desta vez o sem noção foi Edwin Charles Tobergta, de Hamilton, Ohio. O cara foi preso pela segunda vez, por fazer sexo com objetos. No primeiro flagrante, em 2002, quando tinha 23 anos, o doido foi pego transando com uma abóbora de Dia das Bruxas.

(parada de alguns segundos para conter a risada ao imaginar a cena bizarra).

Desta vez, a vítima foi um colchão inflável, daqueles utilizados como bote de piscinas. Ele só não contava que um vizinho iria chamar a polícia. Tobergta agora está trancado em uma prisão pública, onde, a princípio, não há nenhum objeto.

E, para fechar, que tal uma notícia tupiniquim? Em São Paulo, já existe um motel com suítes que podem ser compartilhadas com os quartos ao lado. Os clientes podem separar os quartos por uma parede de vidro e ficar observando o casal ao lado, ou até mesmo abrir toda a porta e fazer uma suruba. Vejam o vídeo:

Testadores selvagens

3 de agosto de 2011

Fazia tempo que eu não escrevia um post sobre os Testadores Selvagens. Acho que os fatos estavam meio parados ultimamente. Mas o de hoje promete muitos Testadores Hyper Super Selvagens.

Vou começar com fatos totalmente sem noção. Não que os outros não sejam, mas é que esses são doentios.

Nos EUA, um americano de 21 anos foi condenado a 3 anos de prisão após fingir sem incapacitado e ofender sexualmente mulheres contratadas como babás. Explico. O doido contratou duas babás em 2010, alegando ser autista e ter a mentalidade de uma criança. A farsa era tão grande que o rapaz agia feito bebê, comia comida de bebê e usava fraldas, as quais eram trocadas pelas babás. O rapaz foi preso após agarrar os seios da filha de 18 anos de uma das babás.

Outro sem noção foi o também americano John Harold Kittila IV, que pagava roupas para mulheres em troca de sexo. O cara foi preso após fazer uma falsa denúncia para a polícia de que havia sido roubado. No depoimento, a verdadeira história foi descoberta. John pagou algumas roupas para duas mulheres que, em contrapartida, “apenas” fizeram sexo oral nele. Frustrado pelo fato das mulheres não terem cumprido o acordo, que era de fazer sexo com penetração com ele, inventou toda a história.

Continuando a saga, uma fato antigo, mas curioso. Em 2009, na Rússia, o assaltante, Viktor Jasinski tentou roubar um salão de beleza e foi dominado pela proprietária de 28 anos, Olga Zajac, que é faixa preta em caratê. Ao invés de chamar a polícia, Olga resolveu fazer do ladrão o seu escravo sexual durante 3 dias. Ao ser liberado por Olga, o ladrão foi parar em um hospital, pois estava com os testículos inchados. Os dois foram presos.

Voltando para os EUA, o casal Myron Helms e Victoria Cross foi flagrado transando em uma piscina pública durante 30 minutos. A festa só acabou quando a polícia chegou e prendeu os dois. Cerca de 25 pessoas observaram o filme pornô ao vivo. Sempre tem um chato para atrapalhar, né!? rs

E para encerrar, fiquem com o vídeo do selvagem casal sem noção abaixo.

Crianças, não façam isso em casa!

Testadores Selvagens

10 de maio de 2011

O “Testadores Selvagens” de hoje começa falando sobre casamento, por íncrivel que pareça.

São duas notícias que mostram momentos diferentes do casamento. A primeira é sobre noivos e cerimônia de casamento. Já segunda é sobre tédio, tara, falta do que fazer e dinheiro sobrando.

Vamos para a primeira. Se você é mulher, você provavelmente já imaginou que usará um lindo vestido de casamento. Se você é homem já ficou pensando no desconfortável fraque. Um casal de noivos da Aústria resolveu não ter dor de cabeça e casou pelado.

Pois é! Melanie Schachner, 26 anos, e Rene Schachner, de 31 anos, transformaram o casamento em um momento memorável não só para eles, como para todos os convidados. Só fico imaginando a cara de quem fez a cerimônia…

Já nos EUA, um casal – Bob Gibbins, de 60 anos, e Lizzie, de 55 anos -, tem um hobby bem bizarro: eles colecionam bonecas infláveis, e possuem 240 no total. Estimam que já tenham gasto 260 mil reais na brincadeira.

A pergunta é: será que eles as usam para o que foram feitas ou só ficam brincando de vestir e limpar a coleção?

Eu, hein!?

Continuando na maluquice mundial, uma mulher australiana acredita ter sido molestada por um fantasma.

Segundo Jennifer Mills-Young, a doida de 47 anos, sua casa é mal assombrada por um fantasma chamado Kevin há anos e, recentemente, o fantasma garanhão atacou Jennifer na cama, molestando-a.

E agora? O que ela faz: chama a polícia ou os caça-fantasmas?

E um professor americano que foi suspenso de suas funções após contratar stripers para deixar seus seminários de estatística mais animados. Detalhe, o professor lecionava em uma universidade católica. Acho que ele devia estar entorpecido. Só pode.

E, para terminar, um exemplo de empreendorismo. A comerciante americana Jill Anne, dona de uma loja de cartões comemorativos, resolveu driblar a crise e atrair mais clientes oferecendo sessões de pole dance, executadas pela própria Jill. Isso é que é amor pelo negócio. Parabéns, Jill. Será que a Dona Maria da papelaria aqui do lado topa o mesmo?